terça-feira, novembro 21, 2006

Interlúdio


As palavras estão muito ditas
e o mundo muito pensado.
Fico ao teu lado.


Não me digas que há futuro
nem passado.
Deixa o presente — claro muro
sem coisas escritas.


Deixa o presente. Não fales,
Não me expliques o presente,
pois é tudo demasiado.


Em águas de eternamente,
o cometa dos meus males
afunda, desarvorado.


Fico ao teu lado.



-Cecilia Meireles-

5 comentários:

Luis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
VadioLx disse...

Ju:
Ficar ao lado de alguem é sempre uma escolha difícil... sempre um tiro no escuro... sei que estas ao lado de nós todos...e que o teu instinto te leva sempre a ficar ao lado de quem te merece... desenganem se os curiosos ou os falsos beijoqueiros :)))
Continua grande Ju...
Bjs

Japonesa disse...

as palavras cansam sim... deixar tudo como está, simplesmente porque sim, sem mais "comos" nem "porquês"...

Just, sabes que isso tb se aprende? é, isso tb se aprende... mas para quem tem necessidade de racionalizar tudo, essa aprendizagem é mais demorada, porém, nunca impossível.

Beijos de saudades :-)***

CosmaShiva disse...

Just ... como já tinha escrito aqui antes , gosto muito das coisas que "Partilhas" neste cantinho connosco :-))

Por vezes as Palavras cansam sim ... mas é através delas que mostramos aos outros aquilo que estamos a sentir , o que nos vai na alma ...

È sempre bom ler-te nina :-))

Fica bem e um Jinho Gande***

Just disse...

Nesa miga :) por vezes, quanto mais penso, menos vejo claramente... aprendi sim...
Saudades!! por onde andas?? :p
Beijooooo

Cosma, é sempre lindo ler-te, as vezes fico a pensar como a dosha :) mas nao o dia inteiro...faz curto-circuito antes...lol Beijinho