sexta-feira, dezembro 21, 2007

FELIZ NATAL

Desejo-vos a todos vós, Amigos e Amigas, um FANTÁSTICO E FELIZ NATAL cheio de carinho, sonhos e Amizade.

Deste vosso Amigo, Abraços para os Meninos e Beijinhos para as Meninas.

^º^

sábado, dezembro 01, 2007

quarta-feira, novembro 28, 2007

"Podiamos"

Podia falar-te do mar
e da lua, contar estórias
de encantar até adormeceres.
E dizer baixinho que sou tua!

Mas a lua virou costas
e o mar, agitou-se sem rumo.
Podia-te dizer tanto
entre realidades tortas!

Enquanto o sonho toma conta de mim
beijo-te em pensamento, como um anjo
embriagado, que perdeu as asas.
Podia dizer tanto, perdida assim!

Beber das palavras, sedenta
e dizer ao destino murmurando
que não se esqueça de nós.
Porque o tempo se acalenta!

Podia repetir tudo o que sabes
entre promessas feitas ao luar.
Num passo de estrela em estrela
a minha boca na tua mergulhar!

'Cosma Shiva'

quinta-feira, novembro 22, 2007

terça-feira, novembro 13, 2007

Somos "grandes"...


Beijinhos a Todos :) ***

'Cosma Shiva'

sábado, novembro 10, 2007

O melhor do pior




Quando vocês cantam no duche, no carro, a lavar a loiça, pensam que cantam mal?

Depois de ouvirem este "rouxinol" vão pensar que são os melhores cantores do mundo, vão por mim.





Beijinhos azuis (*)




terça-feira, novembro 06, 2007

Ausência



Contemplamos o que não existe
mergulhando entre distâncias
que se dissipam!
Caminhamos sem rumo..

pelo chão descalço
que nos queima a pele...
Percorremos trilhos e ruelas

na busca de um olhar, de um sinal.
Mas as luzes apagam-se, e os sentidos
adormecem nas palavras..

Porque o vento ambicioso, que por aqui
passou, levou com ele o gesto partilhado
a esperança de um depois.
Ficou a poeira, a sede das palavras
o cheiro da solidão!


(Cosma Shiva)

sexta-feira, novembro 02, 2007

quinta-feira, outubro 25, 2007

Speck of Gold..



Hold is all that we have
With each birth, every tear, we have hope, we have hope

Speck of gold in your heart
Everyone, everyone
Speck of gold in your heart
Every sun, everyone
Speck of gold

Cold, cold ways, I won't
Hold you heart to this light

One and all, one and all
Speck of gold

Speck of gold, that we just unfolded
Love your heart, love your heart
Speck of gold, everyone hold our sun
Wanna live

Speck of gold

Speck of dust on our sun
Shade our world, shade our world
Speck of dust on everyone
Save our sun, save our world

Speck of dust on our sun
Shade our world, shade our world
Speck of dust on everyone
Save our sun, save our world

sexta-feira, outubro 19, 2007

requisitos para coiso...



todos dos noibantes deviam como pré-riquisito fazer passar as noibantes pelo teste do varão, é fundamental.

obs: juzinha... para nós, só falta mesmo este teste. consegues fazer tudo como a moçinha faz?

e tal...

olhos esbugalhados...



assim seria eu a fazer o amor... :)

[DESCRIÇÃO Treinamento para piloto de caças. O número que se vê no canto inferior esquerdo é a força da aceleração. Segundo consta, uma pessoa normal desmaia entre os 4 e 6G. Este senhor chega aos 9... Com esforço, mas chega lá]

terça-feira, outubro 16, 2007

sexta-feira, outubro 12, 2007

Bebé Breakdancer ..



E mais não digo!!

segunda-feira, outubro 08, 2007

ai como é bom... soninho... gostoso...

poucas vergonhas!

juzinha... para ti...

scolari


TOCA A POSTAR QUALQUER COISINHA!!


[Pedrinho saudades tuas *]

quinta-feira, outubro 04, 2007

A primeira vez..

primeira vez dela:

Ele - Vamos começar?

Ela - Não sei, estou com medo!

Ele - Medo de quê?

Ela - Medo de doer.

Ele - Um dia tu vais ter que deixar.

Ela - Acho que não.

Ele - Confie em mim. Eu vou devagar.

Ela - Como fico?

Ele - Nessa posição.

Ela - Assim?

Ele - Abra mais um pouco.

Ela - Ai, está a doer.

Ele - Agüenta firme, não posso parar.

Ela - Não posso agüentar mais.

Ele - Abra mais.

Ela - Está a doer.

Ele - Vou tirar.

Ela - Que alívio!

Ele - Até que não fomos mal.

Ela - Ai, está a sangrar.

Ele - Sempre sangra um pouco.

Ela - E se não parar?

Ele - Claro que pára.

Ela - Como e que sabes?

Ele - Tenho experiência.

Ela - Está a parar.

Ele - Não disse?!

Ela - Quando volto para arrancar o outro dente?


(Mentes perversas..)

terça-feira, outubro 02, 2007

Bolinha.. esta é pra ti =) •



Foi por vontade de Deus
Que eu vivo nesta ansiedade
Que todos os "ais" são meus
Que é toda minha a saudade
Foi por vontade de Deus!

Que estranha forma de vida
Tem este meu coração
Vive de vida perdida
Quem lhe daria o condão
Que estranha forma de vida!

Coração independente
Coração que não comando
Vives perdido entre a gente
Teimosamente sangrando
Coração independente

Eu não te acompanho mais
Para deixa de bater
Se não sabes onde vais
Porque teimas em correr
Eu não te acompanho mais.

Para ti... porque sei que tem um "valor significativo"... e porque uma música por vezes é assim mesmo, momentos que ficam guardados pra "sempre" num cantinho da nossa memória.


Kissinhos *** para ti em especial... e pra Todos vocês ;)

quinta-feira, setembro 27, 2007

o-O

fui despedido!



fui despedido com justa causa, mas comigo nao ha farinha!!

a medi e eu...



daqui a 25 anos... (2032 marraquexe)

a madi nunca mais tinha sido vista e estamos em 2032, eu já velho, cabelo branco, no auge do meu alzaime olho para o lado depois de um dia de orações. e nao é que vejo a medi, mesmo ali ao meu lado...

terça-feira, setembro 25, 2007

X-X

Cartas de Soror Mariana



Escreveu Soror Mariana na sua cela:


Ah ignaro e ignoto amor que me atormentas
E de pecados e luxúria meu catre enfeitas Senhor!
Tocar teu apetrecho… Será que posso? Será que deixas?
É este desejo de ter vosso apetrecho nos meus dedos
Que me aquece as mãos e as noites
Sem vós tão frias.


Resposta do cavaleiro de Chamilly:


Toca meu apetrecho. Toca que eu deixo.
Senhora de teus dedos flui magia
E meu apetrecho rejubila de alegria
Quando o tocas qual trompa divina, celestial.
Ah! Fora eu Camões e dava-te mais que um canto
Oferecia-te uma casa.Mais! Uma moradia.
Imagina-nos meu amor, no nosso canto
Tocando música todo o santo dia
Tuas mãos de fada e meu apetrecho
Em desbragada e completa sinfonia.


In Palavras Mutantes

Credo

Post da Um Momento (Momentos)



CREDO


Creio no Homem todo-poderoso
Inventor da pastilha elástica
Do Prozac, do soutien sem alças
Do colchão de água, do preservativo
Do silicone e do airbag.
Creio na Maria sempre virgem,
Hímen reconstruído
Inseminação artificial
Cesariana com epidural
Mãe sem pecado
Virgem e original
Como se não fora nunca tocada.
Creio no homem novo
Que nasceu Manel e é Maria
Pénis removido por cirurgia
Sexo novo e funcional
Implante mamário e labial
Tudo no sitio e operacional.
Creio no Homem
Criador de todas as coisas
Das maiores às mais pequenas
Das divinais às obscenas
Porque a todas o homem quer
Hoje e para sempre
Ámen.

In Palavras Mutantes, p.21

segunda-feira, setembro 24, 2007

Q-B

domingo, setembro 23, 2007

Piuuuu....

sexta-feira, setembro 21, 2007

casting para filme de kung fu

O-*

O-O

Tá na hora de rir .. =)


Tás ai ?! (não, estou ali, isto é miragem...)
Vieste trabalhar... (não, é a minha irmã gémea...)
Tás mais velha!! (não, com a idade fiquei mais nova...)
Saio de fato de banho e levo com a pergunta, vais á praia??? (claro que não, linda vou fazer alpinismo, porra!)

e isto é so o começo.. e aqui começa a parvoiçe..

Fui à loja comprar veneno para ratos.
* Tem veneno para ratos?
* Sim! Vai levar?
* Não, vou trazer os ratos pra comerem aqui!!!

Fui ao banco pra trocar um cheque...O senhor perguntou :
* Vai levar em dinheiro???
Respondi...
*Não!!!!! Dê-me antes em clips, borrachas, apara-lápis!!!

Estou abraçada ao meu acompanhante e entramos num bar romântico. O garçon pergunta:
* Mesa para dois?
* Não, mesa para quatro, duas cadeiras são pra apoiar os pés!

Depois pego no talão de cheques e numa caneta. Então o garçon pergunta:
* Vai pagar com cheque?
* Não, vou fazer um poema nesta folhinha.


Entro no elevador de um prédio, no momento em que pára no subsolo-garagem. Um senhor pergunta:
* Vai subir?
* Não, vou pros lados!!!!

Estou no balcão do cinema. A senhora pergunta-me:
* Quer um bilhete?
* Não, eu meti-me na fila só para ver onde isto ia dar...

terça-feira, setembro 18, 2007

Na ausencia e na presença...

Olá!!

Andei um pouco afastada destas lides de net e tal, mas so me fez bem.
Por dois motivos: um porque me faz corrigir certas coisas e ver a uma certa distância esta minha frequencia nas internets, e outra (a melhor) porque andei ocupadita e alguém o merecia de todo... e em tudo.

Quando me apercebi andei cerca de 2 semanas fora disto... e desta página então, cerca de 2 meses.... e não senti falta.
Não porque não tenha nada para vos moer a retina, mas sim porque por muito que se queira expor a alma e a vida, aqui é-me muito dificil desnudar tais temas a olhos que, ou não nos entendem, ou simplesmente de soslaio comentam "pois.. tá bem abelha".

E assim, alivio-me do desdém ou do julgamento alheio, armados é psicólogos de algibeira, como se soubesem bem do que lêm ou mesmo tivessem calçado meus andrajosos sapatos da vida. Enfim...

No entanto, retornado ás nets, aos chats e tal, verifico que não fiz falta (nem faço), que nada mudou nem melhorou.
Aaahhh muitas horas eu "queimei" em conversas de chaxa de rir até ás lágrimas, ou numa esgrima frenética de teclanços com pessoas espirituosas e inteligentes, ao ponto de nos atropelarmos uns aos outros em conversas cruzadas, mas que no fundo parecia uma franca festarola de mentes e gente gira, bem disposta e sem macaquices no neurónio: pura e saudável diversão.
Que saudades eu tenho daquelas "bacoradas" e horas perdidas em debate inútil, mas com uma coisa em comum: o passar das horas e a satisfação de dizer: porra!!! tenho que me ir embora, fechar isto, desligar o PC, pq ja não aguento mais.
Fantástico!!

Tenho saudades. Mesmo!!
Mas que raio... onde se meteu esta malta toda?
À que séculos que não entro numa sala, "a nossa sala" e me sinto liberta e pikada no palavreado, pelo frenesim de teclar até me doerem as cutículas.
Estou a perder a minha versatilidade, o meu treino, a minha versatilidade linguística.
O pessoal é muito "pesado", chato, sem alegria, sem pikaria, não fala do que se fala, só do que la entendem e "sonham" acordados, ou é um rol de lamexices que até me dá enjoos.
GAITA!!!!
Esta gente é mais mórbida que um velório.
Meu móriii diz-me que até na cama sou capaz de ter ataques de riso, e fazer paródias de qualquer coisinha (mas ele tb me faz rir né?).

MERDA!! farta de chorar ando eu!
E qual é o meu desconsolo, em horas mortas, de ausencias, tento passar um cadito numa cavaqueira, em vez de ir pra um café morder os sapatos da outra ou o belo cú do gaijo (que não como), entre bebericos de uma café ou cerveja, e prefiro ficar no meu canto a ver a minha série preferida e teclar com gente(?) e dou-me com um velório.
Poças... é de mim ou nao percebo nada disto.
Cada vez vou marcando mais a minha ausencia.
E de cada vez noto menos a diferença de minha presença.
O mesmo se aplica a muitos/as que ali vi e vejo.
Ou isto melhora, ou simplesmente deixarei de gastar bytes.

O que me vale, é certas presenças, que me fazem esquecer totalmente as minhas (e vossas) ausencias eheheheheh ;))

Voltarei quando tiver algo de geito para dizer... não este chorrilho de disparates acima despejados em geito de desabafo.

... Voltarei um dia
para que me possas sentir
voltarei a desejar beijos
para no meu coração te ouvir...

Até sempre...

segunda-feira, setembro 17, 2007

O meu post d'hoje está no meu cantinho. Passe por lá quem quiser =)

http://meu-imortal.blogspot.com

*

«Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia.» William Shakespeare

que garra...



The Haka vs A Portuguesa

sábado, setembro 15, 2007

Noticia de ultima hora (lol)


Para infelicidade de alguns a Dama__coOkie está vivinha da silva e de boa saúde graças a Deus! Pois é.. pelos vistos corre a noticia que eu morri e não sabia. Já ninguém se pode ausentar da net por 2 ou 3 semanas que invetam logo coisas do genero "ah a Dama__coOkie morreu" e mais não sei o quê. Como tão a ver é mentira .. A não ser que tenha mesmo morrido e ressuscitei. Enfim..
O mais engraçado é que nem a cara dão .. entram no chat na "pele" de visitantes e começam pra lá a disparatar .. (haja paciencia)
O que é que leva alguém a fazer/dizer estas coisas? Alguém me pode dizer? =)
Nunca se sabe o que vai na cabeça dos malucos/as.

Não liguem à foto.. apeteceu-me postar uma minha, só pra variar lol

BEIJO GRANDE PRO MEU CORAÇÃO, PEDRINHOOOO * =))) (ves?)

Um beijinho grande pra titia Nesa que foi na letra dos malucos e andou por aí com o coraçao nas maos *
outro pro jaquim zinho que armou um 31 ontem com não sei quem por causa disto lol *

pra Cosmita * kakau * meu menino * .. e restantes =)*

Sinto-me:

sexta-feira, setembro 14, 2007

spam..



tem 37 anos...

quinta-feira, setembro 13, 2007

tento saber...



hum hum... :)

quarta-feira, setembro 12, 2007

E como a união.. pode renascer das cinzas!


"Amizade Virtual"..

Momentos.. palavras que se partilham.. onde o espaço de cada um é respeitado!

E como uma boa amizade "real" pode durar uma vida.. o mesmo pode acontecer com as chamadas
amizades virtuais!
Também aqui se criam laços.. cumplicidades.. que através de tão pouco.. podem significar bastante, para isso basta querer, saber e respeitar.. e isto sem nunca perderem o seu valor.

Acabamos por criar afinidades, sentimentos que ao longo do tempo vão crescendo.. e estes são reais.. têm corpo e
alma.
Afinal é aqui, que sempre que pudemos deixamos um bocadinho de nós, daquilo que somos.. alegrias e tristezas que vamos partilhando com aqueles a quem chamamos amigos, companheiros deste mundo virtual.


Palavras.. que falam.. sorriem.. beijam.. e sentem!

É que por trás desta caixinha "mágica" existe uma pessoa, alguém de carne e osso com sentimentos e valores.

Ora, isto só prova e demonstra o contrário que "muitos" (intrusos) vêm dizer aqui.
Este espaço.. ao qual chamamos de cantinho ou mesmo quintal ;) foi criado por pessoas reais, onde embora algumas delas não se conhecendo pessoalmente.. gostam de partilhar e trocar opiniões, sem nunca perderem a sua identidade e/ou personalidade!

Para todos vocês.. daqui.. d´ali.. d´acolá um beijinho* enorme e que este cantinho continue sempre com a mesma força, garra e união.

( Aproveito.. o meu tempo de antena lol para deixar a seguinte mensagem: Não vamos "permitir" que ervas daninhas tomem conta deste quintal! )



terça-feira, setembro 11, 2007

só uma pergunta simples....

para meu conhecimento apenas: este blog acabou o seu tempo de vida? certo?

quarta-feira, setembro 05, 2007

daquilo que pouca gente entende ... mas de que também se pode falar


(vais entender porque escolhi este trailer. há pessoas que simplesmente têm os seus "pares")

Um dia uma amiga pediu-me para a ouvir. E contou-me, contou-me o que precisava partilhar. E falámos daquela parte em que se sabe que se tem tudo mas se quer mais ainda ... se sente aquela vontade quase incontrolável de pisar o risco.

E falando, abordámos o plano do “passar o risco” para o lado da dor. Isso que tanta gente não percebe que está mal delineado, mal perceptível quase. E que não sabe que quando se entra ali, quando se passa a fronteira, descobre-se que essa parte, a parte obscura, é um buraco negro que tende a sugar tudo com uma força quase imperceptível de inicio, mas de cada vez se vai tornando mais violenta e voraz. O mundo do desconhecido até aí passa a ser aquele que nos aninha, nos acaricia em sons morcegais, nos gritos dos olhos das corujas.

Agora que se apercebe que se conseguiu suportar até ali, agora é uma questão de desafio. Já que, agora, o mundo se vê com outros olhos. Uns mais sabedores, mais inquisidores, mais atentos, mais “crescidos”...

Disse-lhe: tens tanto. és feliz. queres experimentar entrar por esta parte da tua vida interior? será isso o que realmente desejas, sabendo que, uma vez lá, dificilmente de lá sairás ilesa? e quantas pessoas estás disposta a levares contigo para um lugar que elas não escolheram? aí a roda gira, gira, com uma velocidade difícil de parar.

Dissertámos sobre o assunto. E ela tomou a sua decisão. Disse que, antes de falarmos tinha decidido que eu a levaria a tomar a atitude certa. E tomou ... foi difícil, ainda vacilou durante uns tempos. Mas segurou-se aos seus valores mais arreigados e que sempre considerou correctos. Decidiu pela sua auto preservação enquanto ser humano pensante e com opção livre de escolha. E preservou quem a tem acompanhado desde sempre. Porque também sabe ...

Passar o risco para um outro lado - o do conhecimento maior - não torna ninguém forçosamente em sociopata. Pode causar psicoses, desajustes de personalidade, ansiedades, momentos de agressividade causados pelo medo, pelo desespero, pela solidão ou pior ainda, pelo vazio. Mas não se nos torna numa pessoa forçosamente falha de valores, ética, moral e saber estar.

Desenvolvem-se mecanismos. Diferentes para cada vivência. Continua a ser-se incontrolavelmente fascinado pela beleza, pela pureza. Essa mesma pureza e beleza que se procura no todo ... e tantas vezes se encontra num simples sorriso ou nos olhos cristalinos de uma pessoa qualquer que se cruza na nossa vida.

Mas o “saber”, o ter impresso nas suas células, como marcas feitas a ferro e fogo, o quanto podemos ser, obriga-nos tantas vezes a afastar estas pessoas para não as levarmos connosco para dentro dessa caverna. Como que as magoamos com o nosso repúdio por forma a protegê-las duma dor maior que reside dentro de nós. E fazemo-lo porque as amamos. E porque sabemos o valor do amor. Preferimos sofrer sós ... porque sabemos como o fazer já, do que ter a responsabilidade acrescida de termos que viver como entes causadores de dor a outrem. São caminhos, tantas vezes solitários, mas não forçosamente à parte da sociedade.

Daí, tantas vezes, o afastamento compulsivo em relação aos que mais amamos, aos que mais bem nos querem. E, no entanto, não resistimos à sua fatal sedução de desejo, carinho, calor, inocência... aquilo que nos falta sempre.

É, afinal, a vida. Nada mais.

A sociopatia reside num desejo de aniquilar tudo o que contrarie as nossas decisões. Seja de que forma for. E sim, para além de tanto, é uma doença grave. Daquelas que vivem entre nós e não têm noção senão delas próprias.

É para ti meu querido amigo, que sabes :-)

(beijo doce nesse sorriso de compreensão)

sábado, setembro 01, 2007

Virtualidades

Há pessoas cuja única "diversão” na sala de chat, e também cá fora, é a de inventarem calúnias acerca dos outros.

Há dois anos houve um acéfalo qualquer que entrou no Salão Nobre, vulgo sala Bla, e começou com a diarreia mental que tinha provas que eu já tinha dormido com vários homens de várias salas. Eu como sou um cadito Alzheimeriada fiz um esforço enorme para ver se me lembrava dos intervenientes e lá puxei pela tola até sair fumo. Resultado, cheguei à brilhante conclusão que não tinha dormido com nenhum, até porque nem sabia quem eram!!! E já sabem que de pequeninos nos dizem para não aceitar nada de estranhos, quanto mais metê-los na cama!

Claro que há sempre uma série de abutres na sala que aproveitam a deixa para nos brindar com “simpatias” e outras delicatessen mas eu confesso, é mesmo para o lado que melhor me deito, entra-me a 200 e sai-me a 1000. Se fosse cá fora, mano a mano, é que ia ser giro, um verdadeiro festival de folclore com direito a pauliteiros de Miranda e tudo, e por mais que os convide para saírem do contentor e mostrarem as ditas provas acabam por enfiar o rabo entre as pernas e remeter-se ao silêncio… que não é dos inocentes mas sim de australopitecos.

Foi sempre assim, o mundo virtual tem destas coisas, a proliferação de gentalha que acobertada por um PC dá largas a toda a merda que tem no cérebro em vez de miolos. Na vida real é uma coisa e há que agir de outra forma mas quando lhes acontecer algo semelhante nas virtualidades sigam o meu conselho:


CAGUEM NISSO!!!


Nesa,

É pra ti, e já sabes que para mísseis cá estou eu, deixa-me voltar às lides que eu já lhas conto.

Um beijo pra ti******))))))


P.S. Se já tinha falado nisto desculpem qualquer coisinha, mas já sabem, Alzheimer e coisa e tal…




quinta-feira, agosto 23, 2007

Leticia Sabater da la cara



(às 7h da manhã não passa ninguem... e que faz ela ajoelhada? dá uns beijitos ao seu noivo.. mas eles poem a camara rápida e parece outra coisa... pecadora!!!)

Beastie Boys Dancing Girl



mais uma tentativa de dançar bisti bóis...

Dancing guy -Beastie Boys



é o que dá tentar dançar isso dos bisti bois...

sexta-feira, agosto 17, 2007

Para vocês..




quarta-feira, agosto 15, 2007

AMOR PELA MADRUGADA


OS TEUS LÁBIOS SACIARAM A MINHA ALMA EM CONTOS DE FADAS AO LUAR. AS HISTÓRIAS QUE TU ME CONTAVAS ERAM LINDAS QUANDO AS SOLETRAVAS AO VENTO E AS SENTIAS NA FACE A AMAR.A ALMA VOAVA BEM ALTO,ATÉ A LUA EMBEVECIA NA SUA CARA ENRUGADA UM POUCO VAZIA DAS HISTÓRIAS DO NADA.AS HISTÓRIAS QUE ME CONTAVAS ERAM LONGAS MADRUGADAS,O TEU CORPO DELEITAVA-SE AO MEU EM BEIJO SOLTO, COMO ERA BOM AMAR SENTIR O TEU BEIJO AO ARREPIO DO VENTO PERDER O MEU OLHAR AO INFINITO
ENQUANTO QUE TE BEIJAVA NA AREIA E TE SOLETRAVA PALAVRAS DOCES AO SENTIMENTO.SENTI-ME A AMAR TANTAS VEZES QUANDO O MEU OLHAR POR TI SE PERDIA E CLAMAVA, SÓ QUERIA UM BEIJO TEU POR UM MOMENTO, SENTI-LO AO MEU CORPO ENQUANTO QUE TE ENTREGAVA A MINHA ALMA AO TEU AMOR
E TE CHAMAVA.SÓ QUERIA AMAR,MAIS NADA...

segunda-feira, agosto 13, 2007

Procura-se

quarta-feira, agosto 08, 2007

Diz que o merelin maionese vem cá em novembro...

Diz que sim... e que vai ser no pavilhão.
Ora que coisa mais gira, risos, vai ser giro de ver...
Ali tudo cheio de pitas, vestidas de negro, com olhos de quem acabou de levar um tareão do namorado e com aqueles botões de 2 quilos cada um...
Gente que se vê uma aranha, manda logo um sms à mãe para perguntar como se faz, se lhe ´amanda´ com o botão ou se, sei lá, grita e foge pela rua fora, risos.
Eu por mim, já aqui estou a ver que roupa levarei, se irei de amarelo ou em tons de bege, e que sapatos de vela levarei, se os mais claros se os outros para o creme.
Vai ser giro, duas horas cómicas. Quem eu mais gosto é do guitarrista.. ahahah
Temos carnaval em novembro.

terça-feira, agosto 07, 2007

Tu Tens um Medo

Acabar.
Não vês que acabas todo o dia.
Que morres no amor.
Na tristeza.
Na dúvida.
No desejo.
Que te renovas todo dia.
No amor.
Na tristeza
Na dúvida.
No desejo.
Que és sempre outro.
Que és sempre o mesmo.
Que morrerás por idades imensas.
Até não teres medo de morrer.
E então serás eterno.
Não ames como os homens amam.
Não ames com amor.
Ama sem amor.
Ama sem querer.
Ama sem sentir.
Ama como se fosses outro.
Como se fosses amar.
Sem esperar.
Tão separado do que ama, em ti,
Que não te inquiete
Se o amor leva à felicidade,
Se leva à morte,
Se leva a algum destino.
Se te leva.
E se vai, ele mesmo...
Não faças de ti
Um sonho a realizar.
Vai.
Sem caminho marcado.
Tu és o de todos os caminhos.
Sê apenas uma presença.
Invisível presença silenciosa.
Todas as coisas esperam a luz,
Sem dizerem que a esperam.
Sem saberem que existe.
Todas as coisas esperarão por ti,
Sem te falarem.
Sem lhes falares.
Sê o que renuncia
Altamente:
Sem tristeza da tua renúncia!
Sem orgulho da tua renúncia!
Abre as tuas mãos sobre o infinito.
E não deixes ficar de ti
Nem esse último gesto!
O que tu viste amargo,
Doloroso,
Difícil,
O que tu viste inútil
Foi o que viram os teus olhos
Humanos,
Esquecidos...
Enganados...
No momento da tua renúncia
Estende sobre a vida
Os teus olhos
E tu verás o que vias:
Mas tu verás melhor...
... E tudo que era efêmero
se desfez.
E ficaste só tu, que é eterno.

Cecília Meireles

segunda-feira, agosto 06, 2007

Amostra sem valor

Eu sei que o meu desespero não interessa a ninguém.
Cada um tem o seu, pessoal e intransmissível:
com ele se entretém
e se julga intangível.

Eu sei que a Humanidade é mais gente do que eu,
sei que o Mundo é maior do que o bairro onde habito,
que o respirar de um só, mesmo que seja o meu,
não pesa num total que tende para infinito.

Eu sei que as dimensões impiedosos da Vida
ignoram todo o homem, dissolvem-no, e, contudo,
nesta insignificância, gratuita e desvalida,
Universo sou eu, com nebulosas e tudo.

António Gedeão

domingo, agosto 05, 2007

sexta-feira, agosto 03, 2007

(...)

terça-feira, julho 31, 2007

O verão, o calor... tudo muda...

Realmente o verão e especialmente o mês de agosto propicia coisas que durante os outros meses do ano não se soltam.
O sol, a luz, é de facto um convite à vida, a vivermos e a sentirmos.
E lá vai começar mais um mês mágico, onde para alguns será a primeira vez de tudo e para outros o recordar do que já foi.
A todos, boas sensações. :)

segunda-feira, julho 30, 2007

I feel so alive!

sábado, julho 28, 2007

Um Dia..


Só mais um dia comigo.
Não é pouco,
nem muito,
é bastante.
Só mais um dia comigo,
chega,
para degustar
todas as palavras
de amor criadas
e
substancialmente escritas,
desde sempre,
desde o tempo que é tempo,
no contratempo
de um outro tempo,
sem tempo
e
tu sabes,
como eu,
não existem palavras
de amor,
mais belas que
aquelas
que tu e eu
dizemos
quando não falamos.
Só mais um dia comigo.
Vamos prender-nos
ao fogo
com a fogueira
do amor
queimado
e
ao tocar-te,
incendeia-me
e eu
fumo-te
quando nos pensamos,
porque tu
és mais um dia,
tu és água ao beber-te
quando a noite acorda
nas palavras deste
só mais um dia.
Peço-te, só mais um dia comigo.
Com a tua sombra
como muralha,
ao meio-dia,
dou-te quem sou
que és tu,
com o silêncio
de uma parede
e entras-me,
e eu deixo,
tu sangras,
com suor
e
com a chuva,
continuas
onde jaz o sorriso
e na boca,
entrego-te
todo o meu fundo,
para que respire o teu ar
no relatório deste silêncio.
só mais um dia...
[By: .. Alguém * .. ]

A CHUVA QUE PASSA

A CHUVA TEM CORES DE SAUDADE
QUE NEM O VENTO SENTE
A CHUVA TEM O SOM DA ALMA
QUANDO O CORPO SE DEITA
A CHUVA TEM OLHARES PERDIDOS
QUE O TEMPO LEVOU
A CHUVA TEM LÁGRIMAS
QUE O CHORO SECOU
A CHUVA TEM VENTO
QUE É VENTO QUE PASSA
A CHUVA É VENTO
QUE O VENTO PASSOU
A CHUVA QUE PASSA
QUE PASSA PASSOU
A CHUVA QUE PASSA
É VENTO QUE SOU...

sexta-feira, julho 27, 2007

Bela e o Monstro

Um dos filmes animados que mais adoro.

Uma boa lição, não?

Quando alguém se apaixona pelo interior de outra pessoa..

Será que ainda há amores assim? Ou será que perferem apenas um corpo, cara bonitos e o resto que se f*da?

Beijo no vosso coração *

Se o pêlo não eriçar, se o respirar não aumentar...



... vão ao médico...

quinta-feira, julho 26, 2007

O Gato Mestre
Abu Bakr ash-Shibli conta:
Visitei a Nuri (Abu 'l-Husain Ahmed ibn Muhammad an-Nuri), e o vi sentado em meditação, e não mexia nem mesmo um pelo de seu corpo.
"Onde aprendestes um método de meditação tão excelente?" perguntei-lhe.
"De um gato espreitando diante da toca de um rato" respondeu-me.
"E ele estava muito mais imóvel do que eu".
(Farid ud-din Attar, poeta Turco 1142-1220, in "Tadhkirat-ul-Awliya")

... ao que eu acrescento:

« Alguns pressentem a chuva; outros contentam-se em molhar-se.»
(Henry Miller - escritor)

terça-feira, julho 24, 2007

cromo



(no Oeiras Alive)
O número 7
Mistérios e opiniões

Sétimo Céu;

Sétima arte, a que se juntam todas as outras;

Sexto sentido + o meu sentir... faz sete;

Sete, são as letras da PALAVRA;

Sete são as Chagas de Cristo (mãos, pés, peito, ombro e testa);

Sete foram as quedas de Cristo a caminho do Gólgoda;

Sete maravilhas do mundo;

Sete dias da semana;

Ao sétimo.... mês de férias;

Ao sétimo dia o Divino descansou;

Sétimo é o dia da Criação;

Sete são os orifícios do rosto humano;

70 vezes sete o número que Cristo falou aos profetas;

70 virgens Alá concede;

Sete pecados capitais;

Sétimo dom do Espírito Santo (temor a Deus);

Sétima Bem-aventurança (bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados Filhos de Deus);

Sétima obra de misericórdia (enterrar os mortos);

Sete mares;

Tamgram, tem sete peças (um puzzle com 5 triangulos diferentes, 1 quadrado e 1 paralelogramo);

Pitágoras não atribuiu qualquer maior significado ao número SETE;

Na astrologia, 7 é o Homem da Europa (triangulo=Símbolo Masc.=3 / quadrado=Símbolo Fem.=4);

Trivium e Quadrivium é espiritual e material é uma arte liberal na Universidade Medieval;

Sete simboliza a perfeição dos Dogons;

Sete voltas tem o labirinto de Pylos;

São 7 as notas musicais, aquém e além da oitava;

Sete vidas tem o gato;

Sete cores do Arco Iris;

Três lados tem o raio de luz, que no prisma de 4 faces faz 7 cores projectadas;

Sete cores se formam a partir das 3 cores fundamentais: vermelho, azul e amarelo;

7 aparições de Maria - Senhora de Fátima;

Sete são os espíritos mestres;

Sete são os Chakras;

Sete é a soma do ternário (Céu), com o quartenário (Terra), resultando na totalidade do Universo criado;

O nome de DEUS era de 7 letras : IEHOUAH ---> Jehovah;

Sete são os principais mensageiros da luz espiritual neste planeta: Khrishna, Moisés, Zoroastro, Buda, Lao-Tse, Confúcio e Jesus Cristo;

A morte de Caim (Génesis) foi vingada 7 vezes;

Jesus revolucionou a lei Mosaica, assegurando ao irmão que devemos perdoar 70x7 .... disse Ele a Pedro;

Sete foram os demónios expulsos de Maria Madalena;

No Apocalipse, a Vitória do Senhor e do Cristo seria após o soar da sétima trombeta do sétimo Anjo;

Sete dias é a duração de cada um dos ciclos lunares, totalizando 28 dias, equivalente ao ciclo mestrual feminino;

Sete são os véus da dança de Salomé;

Sete chaves são precisas para guardar um segredo;

Na mandala Astrológica a sétima casa é regida por Libra, o mais elegante dos signos e o unico sem represntação animal, representando a arte da diplomacia e do equilibrio dos relacionamentos;

Na mitologia grega, a Balança é a rainha Afrodite, a deusa do Amor, também do conhecimento por Vénus, segundo os Romanos;

Na CABALA - originalmente composta por 7 letras: KABALAH - o 7 corresponde a sefirot Netzach, cuja virtude simboliza o amor, a natureza e o triunfo iniciado, ao fim da busca;

No TAROT, a sétima carta associada á vitória, é a carta do Guerreiro no seu carro, dominando 2 cavalos, um negro e outro branco, e cada um apontado a direcções opostas;

2006 inicio da sétima era astrológica da época de Holoceno, que se iniciou á 10.000 anos AC e foi dividida em 12 eras;

Pitágoras, em 529AC, considerava o 7 o número da força que mantém a permanencia eterna do cosmo, e segundo ele, tudo o que existe é regido pelo número;

7 noivos teve Sara, filha de Raguel, os sete foram mortos sucessivamente antes de consumarem o casamento, por Asmoden o pior dos demónios, inimigo da união conjugal;

Noé separou 7 pares de animais limpos para a Arca;

No 7º mês a Arca de Noé repousa no monte Ararat;

O pacto de Abraão com Abimeleque incluía 7 ovelhas para fins de testemunho;

Por amor a Raquel, Jacó serviu 7 anos Labão;

Os sonhos do faraó egípsio, incluiam 7 vacas gordas, 7 vacas magras, 7 espigas boas, 7 espigas mirradas;

O sacerdote de Mídia tinha 7 filhas, uma delas escolhida para ser esposa de Moisés;

O dia da Expiação incluía, entre outras prescrições, a contagem de 7 semanas de anos, 7 vezes 7 anos;

Na literatura Judaica, a apocalíptica, tanto a canónica como a não canónica:
--> A viagem de Enoque até ao Sétimo Céu (Segredos de Enoque)
Os 7 céus (testamento de Levi: Assunção de Moisés)
As servas de Asenate são 7, que vivem em 7 quartos (José e Asenate)
O luto deve durar 6 dias, o 7º dia será de festa (Apocalipse Mosisés)
Os 7 olhos do Senhor percorrem toda a Terra (Zacarias)
7 meses, 7 degraus, 7 dias (Ezequiel)
A fornalha 7 vezes mais quente, 7 tempos, 7 semanas (Daniel)

Sólon, legislador ateniense (635-560 AC), assim descreveu as idades:
--> 7 anos depois do primeiro sopro, o menino muda todos os dentes; fortificado por igual período mostra os seus sinais viris. Em um terceiro, seus membros crescem a barba surge em seu rosto incerto. Depois de um quarto período igual, a sua força e o seu vigor alcançam o seu apogeu. Quando passam cinco vezes 7 anos, ao juízo somam-se perspicácia e eloquência. E mais 7 anos de habilidade elevam-nos á perfeição. Quando esses períodos somam nove, embora enfraquecidas as faculdades resistem. Quando Deus lhe concede 10x7, o homem idoso se prepara para o céu.

Há imagens numéricas em frequentes questões: 7 igrejas, 7 candelabros, 7 selos;

Sete foram o número de mortos do Furacão Rita nos EUA, em Set/2005;

O 7 é o quarto algarismo primo;

O polígono de 7 lados recebe o nome de heptágono;

Sete saias tem a nazarena: 7 virtudes + 7 dias da semana + as 7 coras + as 7 ondas;

7 eram os primeiros planetas sagrados conhecidos pelos antigos sábios Caldeus;

Se cortar uma esfera em duas partes, fica com 2 circunferencias... a circunferencia mede-se em graus, que são 360... e o número 7 é o único que não consegue dividir os 360 de forma a dar resto de Zero;

7 ramos da árvore cósmica dos Xamãs;

7 é o número máximo de eclipses que pode ter num ano;

7 foram os dias que Adão e Eva permaneceram no Paraíso;

Com 7 palmos de terra ficamos quando morremos e somos enterrados;

7 é o número que mais aparece na bíblia;

7 reinos da natureza;

A guerra dos Sete anos;

Pintando o diabo a sete;

7 anões da Branca de Neve;

7 meses do ano que têm 31 dias;

7 anos de azar;

7 dias depois da criança nescer, esta encara fixamente os objectos;

7 são as nações que praticam Umbanda, 7 são as linhas de cada nação, 7 são os orixás que comandam estas linhas;

7 são as divindades que comandam a natureza;

7 são as cabeças de Hidra;

7 horas foram as da agonia de Jesus Cristo;

7 são as rogatórias do Pai Nosso;

7 são os plexos da matéria;

SETH (sete) era o nome do irmão de Osíris (Egipto Antigo);

7 = Moisés deixou 5 livros e a lei se resume a 2 testamentos;

São 7 os altares, 7 bezerros e 7 os carneiros de Balac;

7 anos gastos na contrução do Templo de Salomão;

7 são os braços do candelabro Judaico;

7 são os castiçais de ouro;

7 sãos as lampadas de fogo;

O livro dos Sete Selos;

As 7 taças cheias de pragas;

Os 7 Arcanjos ante o trono do Criador;

As constelações de 7 estrelas;

Os 7 Bermentais e os 7 Bermentos;

Os deuses do Olimpo tinham 7 formas;

etc... etc..

sábado, julho 21, 2007

Botox e Silicone










Hoje vi e ouvi na Sic o seguinte: as teenagers italianas pedem implantes de silicone e carros quando acabam o secundário.

A notícia seguiu com comentários cortantes acerca das mulheres nova-iorquinas que aproveitam a hora do almoço para fazer enxertos de Botox (por acaso eram só as do Tio Sam, mas já sabemos que é geral).

Face a este cenário de plásticas diziam ainda que “as mulheres ocidentais não podem criticar a tradição milenar da mulher chinesa de ligar os pés para que não cresçam”.

É verdade que as razões de tal procedimento visam que uma mulher delicada não tenha um pé de Olívia Palito, só que a Olívia pode caminhar livremente, naquele andar cambaleante, sem dores, e as pobres das chinesas andam em passinhos de pintainho, certamente gemendo a cada passo. E só para ter um pezinho de criança?

Não, os implantes ou o Botox regeneram, feitos na base do bom-senso, da quantidade e da qualidade, ao passo que as ligaduras destroem prejudicando a coluna, com repercussões em todo o corpo, ou não são os pés que sustentam toda a nossa estrutura? Uma coisa não tem nada a ver com a outra, se uma tem como fim melhorar, a outra baseia-se em equações erradas e retrógradas… chinesices para esquecer.

Mas porque criticam tanto as mulheres por quererem ter um corpo mais bonito ou minimizar o avanço do tempo? Como já referi, nada do que seja feito com parcimónia, um retoque aqui e ali, não prejudica ninguém, e isto tanto se refere às mulheres como aos homens que, hoje em dia, já se preocupam com a beleza tal e qual como elas.

E afinal porque é que as mulheres, sobretudo elas, consultam tanto os cirurgiões plásticos? Porque vão para o ginásio fazer Pilates e seguem todos os regimes possíveis e imaginários? Por acaso as modelos que desfilam nas passerelles são feias, gordas, têm celulite ou seios imperfeitos? Pois não, na grande maioria têm corpos perfeitos e são bonitas, mas algumas metem medo ao susto parecendo canivetes a cambalear (pelo excesso de magreza, álcool à mistura e ganzas, os bastidores da Moda), embora num número bem mais reduzido.

E os trapinhos Chanel, Dior, Valentino, etc., etc., por acaso são número 50? Claro que qualquer mulher abastada poderá comprar um modelo adequado ao seu volume, pagando a peso de ouro, mas aqui a questão é a da imagem que se transmite, da mensagem implícita de corpos magros, perfeitos, para caberem em cinturas de vespa e decotes que mostram seios mais rijos do que bolas de futebol.

Os homens, são os homens que, queiramos ou não, regem e determinam o conceito da Beleza e da Estética, são eles que estão em maior número como estilistas e cirurgiões, são eles que emitem a mensagem “ Tens de ser magra, perfeita, e siliconada, ou não és in". A sociedade de hoje balança-se entre grandes ditados acerca da pureza da alma por um lado, e do que é in ou out por outro, contradições humanas. Depois as pobrezinhas das meninas vão nestas máximas e vá de bulimia e anorexia que acaba muitas vezes numa viagem para Nenhures City onde não precisarão de se preocupar mais com balanças, trapos e estéticas.

A cirurgia plástica pode ser muito útil, sobretudo a reconstrutiva, não é um pecado corrigir o que mais nos desgosta, sempre dentro de uma certa lógica, mas também não é ter a minha idade e querer ter um rosto e um corpo de vinte e depois parecer uma figura de cera do Grévin ou do Madame Tussaud. O que nós mulheres precisamos é não deixarmos que a Moda nos escravize, que o in e o out se tornem em palavras de ordem e, sobretudo, não deixarmos que os homens nos prendam numa lista de conceitos nascidos do seu próprio egoísmo e da sua vontade de ter bonecas em vez de mulheres imperfeitas e verdadeiras em todos os sentidos.

Que me desculpem os queridos meninos que fazem parte deste blog, e os que o lêem também, isto não é uma crítica que vos vise em particular, mas a realidade é mesmo assim. A grande maioria dos homens está-se borrifando para as qualidades das mulheres, querem lá saber se somos boas pessoas ou não, querem é que sejamos… boas, mas mesmo muita boas! Até podem encontrar uma mulher impecável mas cuja beleza física deixa muito a desejar, essa fica para amiga, ali na prateleira, as outras, as siliconadas e retocadas, as sílfides de calções a desvelar as nádegas e mini-saias até ao pescoço, as de decote até ao umbigo que revelam a dureza lapidada do implante, essas são as boas para desfilar, muito in e muito fashion… os diamantes em bruto ficam out.

Se um dia puder faço uns retoques, apenas retoques, só para mim, só para meu prazer absoluto. Mas se não os fizer vou continuar a viver calmamente com as minhas imperfeições e pouco ralada se os homens gostam ou não, sem me preocupar por não ser muita boa… boazona e afins.

What you see… is what you get!








DA SEDUÇÃO E DAS SEDUTORAS (frases escritas)

A sedução é um dom: como o da poesia. Também tem muito a ver com a música. A pintura e a própria escultura, vêm depois.

A deusa da sedução, não é só Afrodite. Todas as demais dão a sua ajuda.

Cores predilectas da sedução: as do arco-iris.

A sedução continua sendo, mesmo em épocas democráticas, a única monarquia por direito divino.

Hierarquia dos quatro elementos do reino da sedução: a Terra, o Ar, o Fogo e a Água.

A sedução está para a rendição como a flor para o fruto. (Quando flor sem fruto!)

A sedução escreve a torto por linhas direitas.

A verdadeira sedutora sabe, por instinto, que o verbo «seduzir» não é forçosamente transitivo.

Não olha a meios a sedução: mesmo para alcançar nenhuns fins.

São insondáveis os desígnios da sedução. Outrora passava-se com galgos brancos pela trela. Hoje, basta-lhe sentir-se guiada por um tigre invisível.

Não é a tempo inteiro que se escreve a sedução. Nem em part-time. Vá lá saber-se como, quando e onde... (?)

A sedução não é uma "carreira". As "carreiristas" nunca são sedutoras.

O cogito da verdadeira sedutora: «seduzo, logo: existo».
O da falsa: «seduzo, logo: exijo».

Nem toda a que seduz é de oiro.

Há as que se crêem sedutoras, mas não passam de sedutrizes.

Só depois dos trinta e tal anos é que a sedutora atinge a sua plenitude. Antes, não confundir com metediça, atrevidota, descaradinha ou efervescente.

Sedentas, as sedutoras? Muitos mais as não sedutoras, as não seduzidas!

Sublime e gloriosa é a sedução quando alcança todo o seu esplendor num céu carregado de nuvens.

A sedução, ao contrário da natureza, procede ás vezes por súbitos saltos.

Não há sedução perfeita sem uma imponderável dose inocente de ferocidade.

A sedução depende muito mais do modo de olhar, que da forma ou a cor dos olhos; muito mais do ritmo dos gestos que do tamanho das unhas.

A voz da sedução oscila entre roucas inflexões de Outono e claros timbres de Primavera.

Uma sedutora nunca mente: omite ou imagina. E com firmeza e ânimo necessária para jamais admitir que omitiu ou imaginou.

Nos pulsos, nos joelhos, nos tornozelos, instalam-se, por vezes, as mais secretas sedes de sedução. Daí irradiam para outras zonas.

Impossível conceber a sedutora, sem um longo pescoço flexível, de sedutora.

Das improvisões da sedução é que é preciso ter medo: não de quando ela declama um papel já decorado. Quando submetida a exame, a sedutora, se genuína, mostra-se mais à vontade nas provas orais que nas provas escritas.

A sedução não se coaduna, em geral, com qualquer tipo de formação científica.

Não é indispensável que a sedutora tenha ideias muito precisas em matéria política.

Sedução é arte abstracta, sedução e música electrónica só em raros casos conseguem coabitar.

As sedutoras que se ignoram são quase sempre as mais temíveis.

Toda a força da sedutora reside nos seus pontos aparentemente fracos.

Só em momento adiantado da sedução será permitido à sedutora confessar o que prefere... Drambuie a champanhe francês.

As qualidades tácteis da sedutora apenas deverão afirmar-se depois de convenientemente postos á prova os seus outros quatro sentidos. O sexto, por sua vez, só indirectamente tem a ver com todos e cada um destes.

A sedução é uma planta carnívora. E não há memória de sedutoras vegetarianas.

A sedutora pode tornar-se perigosa quando se deixar seduzir.

Nem sempre a sedutora perdoa a quem pir ela foi seduzido.

Vendo bem, as sedutoras pertencem todas a uma só e grande família. Com problemas de família, óbviamente. Como em geral acontece nas grandes famílias que se prezam.

Timidez e audácia, em saborosas e em concientes proporções, podem fazer da sedução uma inexcedível obra-prima.

Na água se grava a assinatura da sedutora. E no vento se esculpe o seu brazão.
DAVID MOURÃO FERREIRA (in "Máxima")

sexta-feira, julho 20, 2007

e cedo passa a hora, e o sonho que tarda ....


TODAS as vozes
de TODOS os mundos
devem cantar
para SEMPRE assim

e cedo passa a hora
e O SONHO que tarda
e essa voz que chora
é só porque sabe...

que ao passar um navio
fica o mar sempre igual
ao passar uma vida
fica o SONHO SEMPRE igual

todas as vezes
em todos os mundos
devia AMAR-TE
para SEMPRE assim

e longe vai a hora
e o sonho que tarda
e esta voz que CHORA
é só porque SABE...

que ao passar um navio
fica O MAR sempre igual
ao passar umA VIDA
fica O SONHO SEMPRE igual

vou passar um navio
ver o mar sempre igual
vou gastando uma vida
que o meu sonho É SEMPRE IGUAL

don't hate you: just despise you profoundly



tenho que ficar calada não é? disseram: "pode-se brincar sem ultrapassar os limites. portanto, promete-me que não vais dirigir uma unica palavra, uma unica provocação."

para eu nao ultrapassar os limites.

e tenho que me calar.

porque eu não posso ultrapassar os limites.

e sou eu que tenho que me calar.

sou eu quem não pode ultrapassar os limites.

nunca...

porque a mim, se eu ultrapassar os limites, a mim não me perdoam. os outros podem, não faz mal. é mesmo assim: eles são assim, gostam de ultrapassar os limites.... pronto.

mas eu não posso, porque a mim não me irão perdoar.

é giro isto. colocaram-me sempre limites. e fui treinada assim: se ultrapassasse os limites eu não seria perdoada. e hoje, ainda hoje, posso olhar, ver os outros ultrapassarem todos os limites, serem perdoados... mas não eu. eu não tenho direito. só tenho apenas que cumprir os limites...

alguém por acaso sabe os limites do que sinto?

mas dizem-me que não posso ultrapassar os limites que ELES entendem que não posso passar. então deduzo: eu devo sentir apenas até aos limites deles. e de facto, se assim é, eu reconheço que não sinto nada.

engraçado... e ELES não são ninguém para mo dizerem, única e simplesmente porque o disseram... só por essa razão.

podiam ter dito: "vai apenas até onde os teus limites to permitirem. confiarei em ti, sei que és sensata e saberás estar sempre à tua altura, em qualquer circunstância. e eu vou estar sempre aqui." :-)

e continuamos a definir as pessoas, não só pelos seus actos, mas tb pelas palavras.