sábado, julho 28, 2007

A CHUVA QUE PASSA

A CHUVA TEM CORES DE SAUDADE
QUE NEM O VENTO SENTE
A CHUVA TEM O SOM DA ALMA
QUANDO O CORPO SE DEITA
A CHUVA TEM OLHARES PERDIDOS
QUE O TEMPO LEVOU
A CHUVA TEM LÁGRIMAS
QUE O CHORO SECOU
A CHUVA TEM VENTO
QUE É VENTO QUE PASSA
A CHUVA É VENTO
QUE O VENTO PASSOU
A CHUVA QUE PASSA
QUE PASSA PASSOU
A CHUVA QUE PASSA
É VENTO QUE SOU...

2 comentários:

vidas passadas disse...

A alma tem sentimentos tão profundos, k nem a alma os entende...tão verdadeiros k até dela duvida...
Só é pena a chuva nao lavar sentimentos, apagá-los de vez do nosso coração e da nossa alma...
para sempre...

beijos doces da
Renascence
(brevemente..coming... sweethaert)

Japonesa disse...

gosto muito, já sabias. gostei que tivesses postado aqui.

beijos docinhos :-))