quinta-feira, julho 05, 2007

Noites assim


Noites em que a saudade
se deita silenciosa, perdida
e lentamente nos consome

delineando cada momento
como uma chama, embriagada
que dança ao som do vento.
Sem "mas" nem "porquês"

nostálgica, indómita
rasgando o pensamento!
Noites onde a saudade voa
como a folha de Outono que
se arrasta no chão húmido
pisado por a noite fria.
Noites menina,
num lamento escondido, que
choram memórias de tempos perdidos.
Há noites assim!
Que são verso rimado
numa cantiga de embalar!
Noites...
Adormecidas pela calmia do mar
que num abraço de gigante, bebe
a saudade, e a beija de mansinho.
Há noites assim...
Infinitas, despidas da sua essência!


CosmaShiva.

6 comentários:

Cookie disse...

Quase todas as noites, sinto saudades de dormir envolvida num abraço.

Beijo Cosma (Adorei) =)*

Japonesa disse...

é quase sempre assim. a maior parte das coisas, quando se despem, é mesmo da sua essência, raramente se despem dos desperdicios...

escreves tão bem Cosminha... adoro ver-te assim, simplesmente adoro.

:-)***

kakauzinha disse...

Também gostei, sobretudo porque é no silêncio da noite que mais penso e sinto tantas coisas...

Bijujinhos pa tu Cosminha.

.*.*.K.*.*.

Anónimo disse...

a kaka e a coocoo sempre em cima! mesmo quando nao lhes diz respeito...é assim mesmo...falar pra frente, nem que seja pra dizer merda. yupyyyy

renascence disse...

É.. é nas noites perdidas e no silençio delas, que se ouve o murmurio doas desesperados. Das almas ausentes, das crianças sofridas, das mulheres sem vida. É quase sempre na noite qu tudo o que é mau aconteçe. Mas se tivermos um poquinho de experança, um bocadinho de alegria para poder viver o dia seguinte...
A noite acaba...e suavemente mais yum dia nascee se depender da nossa força poderá ser um dia contrutivo, um dia de mudança um dia marcado muitas das vezes para a humanidade.
bejos grandes da tua amiga renscense

CosmaShiva disse...

Beijinhos.. pra vocês lindas ***

É.. e porque a noite é tantas vezes a companhia que nos ouve, nos envolve no seu "mistério".. que nos abraça de mansinho.. com quem partilhamos tanta coisa.. porque a noite é uma boa "ouvinte"..

;)