quinta-feira, junho 21, 2007

Prós e Contras da Net

Falamos muito na SantaNet.com e na sala de chat, mas afinal que prós e contras há nisto tudo? Será assim tão mau arranjar novos amigos ou mesmo um namorado pela Net?

Pela minha experiência posso afirmar que a “santinha” deu-me mais alegrias do que tristezas e se não fosse ela hoje não conheceria tanta “gente gira” que, como sabem, significa gente simpática e bem disposta no Dicionário La Kakau.

Dá-me uma certa vontade de rir quando as pessoas pensam que eu só quero conhecer pessoas bonitas, devia ficar triste por me acharem tão básica mas entendo que percebem o que lêem e de facto presume-se que gente gira é mesmo gente gira! Só que não é nada disso, gosto é de pessoas alegres, que gostem de uma boa risota e que tenham um bom poder de encaixe, porque sem isto, meus meninos e meninas, não se pode andar na Net ou andamos sempre ofendidos e com umas trombas do caneco.

Nestes 3 anos de chat já fui apelidada de tudo o que se pode imaginar e se levasse tudo à letra já tinha desistido mas eu quero lá saber se me chamam “pura” ou qualquer outra “simpatia”, eu sei o que sou e faço introspecção com regularidade. Por vezes eu própria baralho os meus dois neurónios de serviço mas depois de algumas leituras intensas dos folhetos da Moviflor, dos horários da CP e das Páginas Amarelas chego a grandes conclusões filosóficas (e até económicas, fogo, um roupeiro pode custar 300 aérios, uma pechincha!). Depois destes momentos de grande intelectualidade sinto o plim (!) dos neurónios, sinal que estão outra vez on.

Até agora só falei em vantagens mas é evidente que há sempre o perigo de sermos enganados por quem usa este meio só para lixar os cornos aos outros. Eu já me deixei enganar mas tive atenuantes, o perigo veio de onde menos esperava e contra isso batatinhas. Não foram assim tão inhas, apanhei foi uma ganda batatada na corneta mas felizmente refiz-me sem problemas graças a grandes amigos da Net, precisamente, e da minha prole claro, que se uniu para apoiar a mummy.

Foi também graças à “Netinha” que recebi alguns pedidos de casamento, dois deles algo invulgares. O primeiro veio de um senhor de 80 anos, ah poizé, é isso mesmo, um super sénior! Que o senhor quisesse casar eu até entendo, e com uma mulher bem mais nova ( naquela altura tinha eu 48 anos), agora que ele tivesse a ideia de ter filhos é que me deixou verdadeiramente espantada. Como não era nenhum Rockefeller, Bill Gates ou Hugh Hefner não sei para queria aquela alma ter filhos aos 80! E mesmo que eu estivesse mortinha pra casar também não podia ter filhos, por isso aquele pedido fez-me rir à gargalhada, só podia vir de um conhecido meu... do Alzheimer!

O segundo já foi mais apetecível, um simpático de 45, bem instalado na vida, culto, divertido e com uma voz muito sexy. Disse-me que assim que viu o meu sorriso quando liguei a cam que se apaixonou ainda mais, que eu era a Maria que ele procurava para casar.

Perguntei-lhe que tipo de “casamento” e ele respondeu que seria como manda o figurino, anel de noivado, aliança, igreja, marcha nupcial, véu e grinalda, tudo o que eu quisesse! Como achou o meu inglês very British e ele tinha feito o doutoramento em Londres propôs-me também casarmos na Embaixada portuguesa! Mas ainda havia mais na cartola, já estava preparado para se meter no avião e vir ter comigo e não iria aceitar uma recusa ao convite para ir passar as férias de Verão com ele e com os filhos!

Quando li e ouvi a palavrinha “casar” até senti um arrepio na espinha, isto foi em Julho de 2005 e eu tinha-me divorciado em Fevereiro, só a ideia de juntar os meus trapitos aos dele fez-me ficar transparente. Mas ao fim de alguns dias já eu tinha uma ideia bem formada e disse-lhe logo que aqui a je não estava mesmo in the mood para brincar às casinhas, tanque e fogão, era só o que mais me faltava! Assim lá fiquei encalhada mas juro que sou uma encalhada feliz, sou mesmo!

Agora vamos às “coisas” que eu vi na cam. É isso mesmo que estão a pensar, são mesmo pilas, nem queiram saber no início quantas eu vi. Eles diziam que queriam que eu os visse e eu na minha ingenuidade achava que ia vislumbrar uns sorrisinhos simpáticos mas não, apareciam-me bacamartes em grande plano, de todos os tamanhos, feitios e formatos. Já tinha visto nas revistas de nus, na PlayGirl, no cinema, mas assim mesmo ali em frente do nariz só me suscitou um desejo... cortar, cortar e capar, filhos dum corno! Por isso é que hoje digo, mais cm, menos cm, é tudo igual!"

Para terminar, tenho de vos contar mais esta, é mesmo uma anedota real que me fez rir até às lágrimas. Pois bem, estou inscrita num site há mais de três anos e só lá tenho o meu perfil como indicador do interesse masculino pela je, porque nunca me encontro com ninguém. Não estou a ser má, mas gosto de receber mensagens a dizer “Você é apaixonante!”. Eu não sou nada disso mas estas tretas não fazem mal à saúde.

Adiante, hoje recebi uma mensagem para adicionar um giraço de 30 anos. O melhor da mensagem era esta frase: “… se quiseres algumas tardes…”. Meus amigos, vocês não imaginam as minhas gargalhadas, palavra de honra, chorei a rir! A minha resposta foi a seguinte:

“Devo dizer-lhe que de muitas mensagens que recebo esta foi das mais hilariantes porque a sua frase “se quiseres umas tardes" está um must, objectiva mas discreta.


Na realidade o que me dava mesmo jeito eram umas tardes para que me limpassem as janelas, os candeeiros e já agora uma pintura geral na casa, de preferência pro bono, mas enfim, não é o seu ramo.

Em todo o caso agradeço-lhe a lembrança e desejo-lhe óptimas tardes com quem precisar dos seus "serviços".

Fique bem,

Uma Pastelinha à beira de um ataque de riso”


Sério, chorei a rir e ainda estou a dar gargalhadas, eheheh!

Hoje chegou o Verão, aproveitem-no bem. Beijinhos.

14 comentários:

Excelsior disse...

:))))

Demais, simpática kakauzinha... Tudo. Mas tenho de comçar a comentar pelo fim.

Ora... Sem querer tirar nenhum mérito ao teu sex appeal (nada disso!), eu acho que terás sido injusta para o pobre rapaz... Ele deve ser como eu, que volta não vira lá se engana a teclar... Ele terá, quase de certeza, perguntado se querias algumas TARTES... mas como o D e o T não estão assim tão longe um do outro, no teclado...

...Aposto que até seriam tartes de cacau... 0:)

...Quanto à "net"... Enfim, eu devo das poquissimas pessoas que tem a seguinte postura... A nivel de sociabilização, a net é um meio como qualquer outro. Tem diferenças, exige cautelas, uma postura atenta e centrada (mas não demais. Um pouco... ou muito!... de descontracção faz bem)... Mas... não dramatizemos. Não transformemos isto num universo paralelo de enganos, com leis da psique humana todas trocadas. Não que não exista isso, claro que sim, mas eu pessoalmente nesses casos limito-me a fazer a triagem.

Durante os meus primeiros 3 anos de net, eu andei por outros domínios. Os talkers (e agora toda a gente pergunta "quê?"), e posso-vos dizer que 80% das pessoas com quem falava, conheci "na vida real", e (quase) sempre numa base descontraída, de sociabilização académica.

Claro que ocorreram situações algo mais intensas. Pontuais. Mas... a lógica é esta: acaba por ser o mesmo que "surgir um clima" entre duas pessoas que se conhecem num grupo de amigos, no trabalho, num bar, etc... Só muda o meio em que se está.

...Eu sei que estou a ser algo redutor, mas se formos a ver bem, ser assim ou ser outra coisa qualquer, parte, essencialmente, da postura com que uma pessoa encara a net, e o "estar nela".

Eu pessoalmente não compro, nem quero, essa de "a net é um mundo perigoso, de enganos e tal, em que as pessoas são diferentes do que são na vida real"... Sejam-no! Se a minha postura não der espaço para que isso me tenha qualquer peso, ou perigo, é-me absolutamente igual se as pessoas estão a ser verdadeiras, ou falsas, ou diferentes. Eventualmente isso será posto em xeque, à mostra.

(Uau! Será que o meu comentário ficou maior que o post original?)

:P

Obrigado por este bom momento de humor (e não só), kakauzinha. Beijinhos.

kakauzinha disse...

Simpático excelsior,

Para começar agradeço o teu comentário, já vi que pertences ao clube dos Com Sentido de Humor, por isso és cá dos nossos!

Fartei-me de rir com a tua versão das tartes de cacau, mas não, eram mesmo umas tardes para dar uma esmolinha à cota, eheheh!

Também já vi que mais ponto menos ponto temos a mesma ideia da Net. Eu não considero este meio um bordel virtual ou uma armadilha para incautos, embora uma vez ou outra a nossa razão tenha razões que a própria Razão desconhece. No entanto continuo por cá e assim vou continuar até que a morte nos separe porque o vício está instalado até à molécula e não há nada a fazer. Aproveito o Abrunhosa para dizer... eu estou aqui! (e daqui não saio! eheheh!)

Já sei que ainda tenho algumas desilusões pela frente mas conto com muitos mais momentos de distracção e isso é que conta, o resto é paisagem.

Agora tens de me desculpar mas das duas uma, ou eu fui atacada de amnésia temporária ou é o desgraçado do Alzheimer a fazer das suas, a questão é a seguinte: eu não sei quem és, mil desculpas, é que este teu nick eu não conheço, mas sei que me vais elucidar. Não leves a mal mas com dois neurónios louros a vida é mesmo uma aventura, eheheh!

Take 2: não te esqueças de me dizeres quem és, é que eu sou uma cusca do caraças e fico em pulgas.

Inté!

Beijocas de kakau

Cookie disse...

A vida é bela minha gente. Nada de dramatizar e pôr mal aqui e ali e acolá. (lol)
"Olha a pita falou!!"
ehehe

Em relação a esse pato do excelsior. Sei quem é mas não digo!

Beijinhos excelsior que é um patooo (querido, mas pato)

Beijinhos kakau =)*

Excelsior disse...

(Caneco)

Sim, bolachinha. Um quack muito especial para ti. :)

Podias ter dito quem era, não é segredo nenhum... Eu é que me esqueço que no Bla não uso este nick... :D

Pronto, amiga kakauzinha :) Partilhamos a sensação de gratidão. ;)

Respondi-te quem era no meu blog, kakauzinha. :) Mas fica aqui também:

Locutor, muito prazer. :)

Beijinhos.

Drakallis disse...

Ah e tal, por falar em janelas, ainda as queres limpas por mim, de calçoes e tronco nu enquanto convidas as meninas para um bridge ou um gin (o jogo seus bebados mal intencionados), e depois me pagas com um sitio quentinho onde dormir (chão da sala. tarados pah) para eu poder curtir os algarves num fim de semana? xD

Um Momento... disse...

Cookie
Daminha Daminha ...
Uma beijoca
Adorei o texto:D
Até já (",)
Ahh... e bom S.João
Não se esquecçam do Martelo;)
(*)

Anónimo disse...

Pronto, lá vou eu revelar a minha experiência de chat...
Tudo começou em 2001 depois do grande acontecimento de 99, como vocês todos sabem.
Entrei eu aqui, um mundo novo a descobrir.. passados 2 minutos.. começo a conversar com a PodredaBoa25, nunca mais me esqueci do nick...
Lá começamos a teclar, dd tc para aqui, idd para acolá, e zás... fiquei apaixonado...
Voltamos a falar dias e dias seguidos, depois passamos para o msn...
Namoramos 4 anos no msn, era fotos para aqui era fotos prá culá, juras de amor, eu sei lá.. casamento marcado.. os meus 6 filhos que tanto sonhei (e 7 filhas) estava já tudo estudado.
Sempre estranhei nunca termos falado ao telefone.. mas pronto... eu como sou fiel acreditei.
Passados 4 anos.. 4 meses e 4 dias.. lembro como se fosse hoje.. lá combinamos o dito encontro... (porque finalmente a minha namorada tinha comprado Web)

Ela afinal tinha pilinha... aparentava 67 anos e meio e tinha uma farta barba...
Recordo que fugi!! (até perdi os sapatos) por ali fora aos gritos.

E pronto.. depois de me revelar (finalmente) penso que percebem mais ou menos o porque de muitas coisas...

um

kakauzinha disse...

drakallis, já tens os calções postos? Então bora lá lavar as janelas que eu arranjo-te plateia pra te babar, mas antes tens de me dizer as tuas medidas.

Olha que é a tua altura, pá, pra saber se cabes no colchão! eheheh!


Agora ali pró um, realmente que grande filme o teu, imaginação é o que não te falta! Gostei, mas de qualquer forma tem sempre cuidado, nunca se sabe o que te pode aparecer pela frente! Já vi muitos travestis que fazem inveja a qualquer mulher, por isso muita atenção ou ainda acabas mesmo a fugir descalço pela rua fora a gritar... eu não sou gay, a kakau é que é!

Anónimo disse...

kakauzinha, como quase sempre aliás, tiveste uma reacção recorrente dos demais.
pensam sempre que é mentira.
hoje pensa-se sempre que é mentira.
se não temos uma estoria de vida parecida com os demais as pessoas estranham e pensam que é mentira.
tá bem!

um

St@rlight disse...

eheheheheh parto-me a rir....
Pois é... estas "ratoeiras" da net, são uma aventura...
Ou não... depende da posição em que nos pomos... ou não?
Eu por mim, falo com muita gente, mas poucos/as conheço. E ainda bem, pq ha coisas q não merecem meu tempo... so algumas farpitas e tal, mas é só tcs do dedo pra fora lol.
Apenas uma coisa... "ratoeira" não é armadinha.... é ratice mesmo... pq vamos la.... inocentes? quem??? nem eu!!
Tenho cá a minha conta (irrisória) de pessoas de chat q vi... não conheço... e por aqui me fico... pq uma vez um.... raros são os q se safam... ehehehehehe ( os q safei foram os melhores... uuiii)

Adianteeeeeeee....
;))

Aqui a minha amiga teve uns brindes... poisss... acontece né??
Pelo menos já se pode gabar de ter visto algumas... que eu nunca vi ;)
e faz ela mto bem porraaa!!!
Atã num querem la veri a caxopa morreri sem ver nada deste mundo fantástico??
Pelo menos pode fazer uns risquitos na cabeceira... eheheheheh.
Agora a coisas sérias: a tecnologia tem tuas faces da moeda... ou se está preparado, ou não.
Ela pelos vistos está.
Nunca montei a porcaria da web, pq simplesmente não quero... sei la...
Manias!!
Mas estou certa q seria brindada com aqueles apendices, q diga-se de passagem, não me dão tusa so de olhar..lllooooooooooolll.
Maria!!!
Tu és grandiiii!!!
Adorei estas linhas caraças...
Não pares, por favor.
Ao menos q haja quem me faça rir, dass!!

kakauzinha disse...

Um

Tens de concordar comigo, um namoro de 4 anos pelo msn?! A tal "namorada" vivia no estrangeiro? Ainda que fosse assim... 4 anos??

Bem, nunca vi tal coisa!

kakauzinha disse...

Ó istári láiti láiti láiti!

Tu és como os gatos, tens 7 vidas e todas elas com um fôlego que dava pra soprar uma caravela!

Olha querida, eu não páro, mas só com uma condição: se tu não parares também, eheheh!

Li o outro comentário teu e aquela do Test Drive... bem... ai... não consigo escrever... tou engasgada e os dedos não acertam...eheheh! lembrei-me do animáli e ... eheheh!

Eu também AMO TU mulé!

Ainda bem que aqui só há gente conhecida porque senão ainda diziam que nozes semos ambas as duas gays, mas nozes na semos, semos é mulés com colaxão.

Beijoooooo

Anónimo disse...

kakauzinha a realidade supera a ficção...

um

Excelsior disse...

12+1? NAH!

14.