quarta-feira, dezembro 06, 2006

Não quero Rosas ...

( Arte - Julio Saens )

Não quero rosas , desde que haja rosas .
Quero-as só quando não as possa haver .
Que hei-de fazer das coisas
Que qualquer mão pode colher ?
Não quero a noite senão quando a aurora,
A fez em ouro e azul se diluir.
O que a minha alma ignora,
É isso que quero possuir .

Para quê ? ... Se o soubesse , não faria
Versos para dizer , que inda o não sei .
Tenho a alma pobre e fria ...
Ah , com que esmola a aquecerei ?

* Fernando Pessoa *

Jinhos ;-)***

6 comentários:

Just disse...

Cosma :)
Es ist mir unheimlich schwierig meine Gefühle in Worte auszudrücken, zumindest in unsere Muttersprache... Ich schaffe es mit Musik... und lerne immer wieder dazu... Wenn ich Dich lese, schaue ich hinauf, und bewundere dich. Ein wort...Wunderschön, mach weiter :) Bist unter anderem eine bereicherung für mich..
Beijinho

WildMindMan disse...

Amiga encontrei um poema que se enquadra na ideia que eu faço de ti e da forma como tão bem te exprimes por palavras e emoções:

Para ser grande, sê inteiro: nada
Teu exagera ou exclui.
Sê todo em cada coisa. Põe quanto és
No mínimo que fazes.
Assim em cada lago a lua toda
Brilha, porque alta vive.

- Ricardo Reis -

Continua a deliciar-nos CosmaShiva :))

*****************

CosmaShiva disse...

Liebe Just :-)*

Für mich , ist es auch ein "rätsel" meine Gefühle in worte zu beschreiben ... deswegen "schreib" ich "das" ... um auszuschütteln was in meinem Herzen liegt ...

Ich wünsche dir Alles was man , im Leben braucht :-)

Jinhos nina ***

CosmaShiva disse...

Wild :-))*

Por vezes , é dificel expressar tudo ( ou quase tudo ) aquilo que nos vai na Alma ... Penso , que muitas vezes através de uma música ... dum Poema ... se reflecte o nosso "estado de espirito" ... aquilo que estamos a sentir ...

Um Special thank´s for You :-))

Fica bem ... Jinhos em Tu***

consciente disse...

Muito bem cosmita beijo*

um_2 disse...

eu confesso que... uma das muitas coisas que me coisam, são as linguas que não percebo, tais como o italiano e outras tais...

risos... nunca tinha pensado no alemão... mas agora que penso... acho que também ficaria coiso...

mesmo que soe um pouco a pecado, obviamente negarei a pés juntos.

:-)*